sexta-feira, 15 de abril de 2005

Coisas importantes

Este famoso projecto que tem que estar terminhado até ao dia 30 deste mês está a ter os seus efeitos na minha vidinha. A falta de tempo, notória por estes lados através do encurtamento dos posts e da quase inexistência dos comentários nos blogs do meu roteiro habitual, está a ter o seu efeito: o cansaço, a alteração de rotinhas, das horas de sono e até do humor.

Um destes dias, exausta, passei por um dos blogs do costume. Estava esgotada e, na impossibildade de sair daqui, fiz uma fuga virtual, saltei para outros blogs através de comentários deixados nesse blog. Fui parar a um onde tropecei num texto que me deixou arrepiada, pelo texto em si e porque me lembrou algumas situações que, por mais que queiramos, não esquecemos.
Acabei por deixar um comentário. A situação previsível de quem encontra um comentário de alguém que não é habitual no seu blog é seguir a pista e dar uma esperitadela. Foi o que ele fez.

Por acaso uns dois dias depois, e também por estar tão cansada, fiz uma coisa que nunca tinha feito: reli comentários antigos deixados aqui. E foi assim que acabei por encontrar um comentário do autor deste blog, num post antigo. Fiquei a pensar como era certeiro e profundo. Fiquei a pensar até que merecia ser mais do que um comentário.
Não vou deixar o link porque não tenho a menor confiança com a pessoa em causa e não sei se se importaria, mas não resisto a deixar aqui esse comentário, que talvez até já fosse uma citação porque seguia entre aspas. Mas neste momento em que ando tão cansada e apressada, e que ainda tenho mais duas semanas assim pela frente, faz bem seguir este conselho:

Decide as coisas grandes como se não tivessem importância nenhuma. Mas vive as pequenas como se tivessem toda a importância do mundo.

Há momentos em que é preciso fazer um esforço para ter estas coisas presentes! E para não nos perdermos de nós mesmos!

11 comentários:

Ana disse...

Adorei a frase... resume a vida... e as escolhas... jokas

Suzana disse...

Realmente às vezes para não darmos em doidos, só seguindo essa regra.
Boa frase mesmo!!!!

Sara MM disse...

É mesmo verdade!
Eu tento fazer isso...
Mas atençao que o mesmo NÃO se aplica aos sentimentos: é preciso dar importância a todos! mesmo se o melhor é arrumarmos os maus sentimentos, o melhor e o mais depressa possível!
BJs

Vilma disse...

Chama-se a isso sabedoria..sabedoria!

Someone Here disse...

Sem dúvida... É uma grande verdade! Mas raramente nos lembramos destes pequenos grandes ensinamentos! Beijocas.

ana disse...

O melhor que podemos fazer é tentar ....
Jinhos

Patricia disse...

q o discernimento nos assista, cara prima, para que possamos distinguir as grandes das pequenas coisas. Um bj mágico cheio de carinho, meu e da Antónia

Kwan disse...

É uma citação, sim, que eventualmente não está 100% igual à original. Nao me lembro quem é o autor... O comentário da patricia é muito pertinente e a meu ver completa a frase.

Luna disse...

Olá margarida!
Adorei a frase;fez-me pensar nalgumas das minhas atitudes,
beijocas
Luna

Margarida Atheling disse...

Pois é, Kwan! Já tinha reparado nisso.
A minha prima Patrícia é assim!

Google Page Rank 6 disse...

Want more clicks to your Adsense Ads on your Blog?

Then you have to check out my blog. I have found a FREE and Legitimate way that will increase your earnings.

Come Check us out. How to Boost Your AdSense Revenue