terça-feira, 14 de junho de 2005

...

Ponto 1:
Estou a tornar-me cada vez mais convicta de que devemos fazer um esforço por não nos tornámos insubsituíveis no trabalho.
É bom que haja alguém, ou até mais do que uma pessoa, capazes de ocupar o nosso lugar em caso de ausência.
Quer-me parecer que tenho andado a ser muito palerma todo este ano. Nos outros também, mas neste muitíssimo mais!
Se quando não estou por umas horas o telemóvel não pára de tocar, então como será quando estiver de férias?!

Ponto 2:
Estou triste. Realmente triste.
Não é melancólica, nem nostálgica, nem irritada. Triste!
E não é por nenhum fantasma do passado. Não é por nenhum fantasma. Não é por nada do passado. E, imagine-se, nem tem nada a ver com o trabalho.
Mas que estou triste, estou! Daquelas tristezas mansas, que não dá para afastar com uns gritos na cara de alguém ou contra alguma coisa. Daquelas que nascem de mansinho, silênciosas, no coração. Mas até sei porque é.

10 comentários:

Ana disse...

Então Margarida... toca a arrebitar... o verão está aí... força... muitas beijokas e alegria aqui deste lado

PS: Já chegaram?

Paula disse...

E eu tb fiquei tristinha... :o(

nadiasm disse...

Então, se nada poss fazer, resta-me dizer que estou aqui para te ouvir, se quiseres falar.

Bjs da prima

InêsN disse...

espero que essa tristeza se vá embora bem depressa...
um beijinho grande!

Kwan disse...

Bichinho traicoeiro...

Xuinha Foguetão disse...

Margarida,
acho q te entendo...
Mas não nos podemos dar à tristeza!
É como a Ana diz: toca a arrebitar!
Beijocas.

OlhoVivo disse...

Alegra-te, faz umas festinhas à tua égua :)***************

Vilma disse...

Manda embora essa tristeza...quandoe stou assim, canto, canto muito, até ela desaparecer! Beijocas.

Oumun disse...

ó moça na fiques assim ... Olha vai passar o fim de semana para a praia :) senta-te ao pé do mar e manda essa tristeza embora ;)
Uma beijoca grande

Mãe Pipoca disse...

o linda... não gosto nada de te ver tristinha... beijocas e mais beijocas para animares, tá bem??