quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Saudades...

... de ser pequenina.
Hoje sinto-as. Muito.

10 comentários:

Piquinota disse...

Como eu te entendo!
Sinto essas saudades quando passo mais tempo fora!

As recordações dessa idade reconfortam-nos,não é?:)


Jinhos e boa noite!:)

Xuinha Foguetão disse...

Deixo-te um beijo repenicado.

:)

Fica bem.

Anónimo disse...

Minha querida... Somos sempre um bocadinho, não é!? Um bocadinho de nós é sempre pequenino, e esse bocadinho, como pequenino que é, cansa-se, pede colo, precisa de mimo e aconchego e nem sempre a "parte grande de nós" permite que se ouça a vozinha do "nós pequenino". Nem sequer os outros, que nos podiam dar esse colo, que há dias em que é uma necessidade tão vital quanto respirar, ouvem essa vozinha. E é esse o mal parece-me.
Gosto muito muito de ti, do "tu pequenina" e do "tu grande". E admiro-te também, muito porque não tenho metade da tua força e da tua coragem (nem da sensibilidade, é curioso). Tens suportado muito, não te forces a mais. Dá-te o direito de te sentires cansada e a precisar de aninhar esse "tu pequenina".

Beijos

Catarina

Maria disse...

Por vezes dá-nos essa nostalgia..

beijinho

Helena Mendes disse...

Podemos terminar a fase de crescimento mas o nosso lado de pequenino está sempre lá. Apenas dá sinal de vida perante algumas situações. Aí, não há mal nenhum em ser pequenino.

beijinhos

Joanissima disse...

Vem brincar comigo no meu blog, vem... : )

ariana luna disse...

Também as sinto. Muitas vezes.

NaRiZiNHo disse...

Infelizmente, sinto-as muitas vezes :(
:-*

Segredo Cor de Rosa disse...

Eu também.
Principalmente hoje.

É díficil ser adulto.
Muito.

C_de_Ciranda disse...

Saudades de ti, minha amiga ;)
Um beijo daqueles, intemporais...

*** Ciranda